quarta-feira, 22 de abril de 2009

"Criciúma crescerá muito nos próximos quatro anos"

Por Eilane Silvestri


Em uma coletiva com acadêmicos de jornalismo da Faculdade SATC, na última quinta-feira, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, mencionou que seu governo será um dos mais marcantes da cidade. “Criciúma terá, em quatro anos, o maior crescimento da história do município”, comentou. A ideia é por em prática o Choque de Gestão. “O Choque de Gestão é fazer mais, melhor e mais rápido”, disse ele.

Clésio Salvaro e o vice-prefeito Marcio Búrigo, destacaram vários pontos que necessitam de reparos e atenção. Entre eles, educação, saúde, transportes, turismo e esportes. De acordo com o prefeito, na educação, o investimento é grande. A ideia é recrutar. Uma das metas é atingir 5000 crianças em creches no município, até o final da gestão.

Em pouco mais de cem dias de governo, Clésio Salvaro comentou que já é possível perceber resultados, apesar dos problemas que foram enfrentados desde o início, como o atraso da máquina pública. “Demitimos mais de três mil funcionários, reduzimos o elevado número de horas extras, e já estamos com mais de trinta frentes de serviço espalhadas pela cidade”, relatou o prefeito.

Um assunto que tem causado polêmica na Imprensa e Clésio também comentou na coletiva, foi o atentado ao hospital infantil Santa Catarina. O prefeito mostrou-se revoltado com a situação e disse que a UTI, parte mais afetada com o incêndio, só voltará a funcionar quando a polícia encontrar o criminoso, caso contrário, todos os funcionários serão despedidos e novos profissionais serão contratados, afim de que a harmonia volte a reinar na entidade. “Vamos enfrentar todo tipo de situação, menos terrorismo”, disse Clésio.

O prefeito também comentou as propostas para o turismo na cidade, e disse que este setor está deixando a desejar. Citou a construção do Parque das Nações, um local próprio para eventos, a réplica da primeira Igreja do Município e a construção do Memorial do Carvão, a partir da reabertura da primeira mina de carvão do município.

Quanto ao esporte, disse que Criciúma será sede dos Jogos Abertos em 2011, e finalizou dizendo que este setor merece uma atenção especial do governo. ”Estamos investindo forte no esporte”, concluiu.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Em visita à Satc, Salvaro cita terrorismo e promete obras

Por Acadêmicos do Curso de Jornalismo da Faculdade Satc¹

Chamado pelos acadêmicos de Jornalismo da Faculdade Satc, nesta quinta-feira, a resumir seus primeiros cem dias de governo, o prefeito Clésio Salvaro foi enfático: "não estávamos preparados para enfrentar atos de terrorismo". Referia-se aos quatro incêndios desde domingo no Hospital Infantil Santa Catarina como um grande desafio a enfrentar. Prometeu acelerar o ritmo das obras e fazer valer o tão falado "choque de gestão". Afirmou que seu governo fará "mais, melhor, com menos dinheiro e mais rápido".

“Se for preciso demitiremos todos”
Salvaro explicou que se for preciso, demitirá todos os funcionários do Santa Catarina caso a polícia não consiga identificar os responsáveis pelos incêndios ocorridos no hospital e que não medirá esforços para que a instituição volte a ser referência no atendimento às crianças.

Salvaro considera essenciais para melhorar a segurança do hospital o afastamento de mais funcionários. Os novos funcionários serão contratados através de concurso público. “Existem dois caminhos caso a polícia não encontre o culpado: ou o Hospital São José assume o Santa Catarina ou criaremos uma instituição para administrá-lo”, declara.

Modernização da rede de informática
O vice-prefeito Márcio Búrigo aproveitou alguns espaços para falar. Disse que o sistema de informática da prefeitura será modernizado. Na saúde, por exemplo, tudo será informatizado, tendo como modelo o programa usado na Grande São Paulo. "O novo sistema é o melhor da América Latina", garante.

O maior desafio
“Nosso maior desafio foi escolher a pessoa certa, no lugar certo”, comentou Salvaro. Disse que foi preciso reduzir de 5 mil para 3,7 mil funcionários, que em vez de trabalharem meio período agora fazem nove horas por dia. Assim reduziu praticamente a zero as 12 mil horas extras que antes eram pagas.

Turismo será reavaliado
O prefeito disse que existe o projeto de reabrir para visitação a mina de carvão que começa no bairro Naspolini e construir um memorial. É uma das inciativas da área do Tursimo, que não possui secretaria própria. O objetivo é trazer os turistas para conhecerem a história carbonífera de Criciúma. Salvaro acredita que esse será o ponto para alavancar a atividade turística na cidade e revela que essa ideia contará com a ajuda da instituição de ensino Satc.

Geração de emprego
Mais de 482 consultas para a abertura de novas empresas no município estão sendo analisadas pela atual administração. A meta é até o final do ano gerar pelo menos 400 novos empregos com estes empreendimentos. “Com o projeto Alvará Fácil, que dará desconto, isenção e terrenos, vamos trazer novas empresas e indústrias para Criciúma”, destacou.

¹Matéria escrita em colaboração pelos alunos da disciplina de Webjornalismo 2.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Prefeito de Forquilhinha avalia cem dias de governo

Por Denis Luciano

A queda na arrecadação dos municípios brasileiros preocupa o prefeito de Forquilhinha. Lei Alexandre (PP), destacou esse item ao avaliar os cem dias da sua gestão. Conforme o jornal A Tribuna, o progressista afirma que sua administração realiza investimentos, mesmo com a possível perda de recursos por efeito da crise mundial.

A gratuidade no atendimento das creches foi salientada pelo prefeito como uma conquista do seu governo. Alexandre afirmou, também, que não contar com equipe completa no secretariado ajudou a economizar. Lei anunciou, ainda, o início da programação da festa da emancipação para o dia 17 de abril.

Leia a matéria completa aqui.

Vereadores de Araranguá irão vistoriar as obras da Br-101

Por Lucas Casagrande

Os vereadores Eduardo Merêncio (Chico) e Volnei Roniel B. da Silva (Roni) farão na próxima sexta-feira, 17, uma vistoria nas obras de duplicação da rodovia Br-101. A vistoria será realizada pela Comissão da Marcha pela Duplicação da Br-101 e terá a participação da Câmara de Vereadores de Araranguá. Os trabalhos começarão em Osório – RS e vão até Palhoça - SC. No sábado, 18, os participantes da vistoria escreverão um documento sobre o andamento das obras.

A Câmara de Vereadores de Araranguá, por requerimento do vereador Chico, aprovou uma comissão para a fiscalização das obras da rodovia. Segundo o vereador do PT a obra tem impacto direto na cidade e por isso deve ser acompanhada pela Câmara Municipal. “A cidade tem que saber em que pé estão as obras da duplicação e é nosso papel fiscalizar aquilo que causa reflexos na sociedade”, afirmou o vereador.

A comitiva fará a viagem de ônibus com três paradas no estado do Rio Grande do Sul e quatro no estado de Santa Catarina.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Sitracom comemora 20 anos de lutas pelos comerciários

Por Lucas Casagrande

O Sindicato dos Trabalhadores no Comércio do Vale do Araranguá (Sitracom) completa hoje, 13, 20 anos de existência. Desde sua criação em 1989, o sindicato atua diretamente nos quinze municípios do vale, com sua sede em Araranguá e ainda uma sib-sede no município de Sombrio. Representando os cerca de 4.000 comerciários da região, o sindicato é responsável pelas negociações coletivas e principalmente pela fiscalização dos comércios na região.

Para o presidente do Sitracom, Jair Anastácio, a comemoração é muito importante para a categoria. “Estamos em fase de negociação coletiva e essa data é muito importante. 20 anos é muita historia, e nos temos muita alegria em participar desta historia”, afirmou Anastácio.

sábado, 11 de abril de 2009

Acélio acompanha MP do DPVat em Brasília

Por Denis Luciano
Foto: Solange Pierdoná

O presidente Lula assinou, no fim de 2008, a Medida Provisória 451 determinando o fim do repasse para os hospitais dos valores arrecadados pelo DPVat. O seguro, cobrado anulamente de todos os proprietários de veículos do Brasil, tinha como destino cobrir despesas hospitalares resultantes de acidentes de trânsito. A MP está em discussão na Câmara e nos próximos dias a votação da sua regulamentação entra na pauta.

A cobrança prossegue, porém o dinheiro não está mais sendo aplicado nos tratamentos. "Por isso, o cidadão brasileiro que era segurado agora é obrigado a ser atendido pelo SUS. A qualidade do atendimento caiu muito", revelou o deputado federal Acélio Casagrande (PMDB).


Relatório do deputado João Leão (PP-BA) indica que 51% do seguro pago em 2008 foi para hospitais de Santa Catarina e Paraná. O DPVat paga, por lei, um máximo de R$ 13,5 mil por segurado. Porém, já houve caso que juiz determinou pagamento de até R$ 130 mil, informou Leão ao portal Último Segundo.

"Se houve algum ilícito, é preciso apurar. Mas para isso não se pode punir o cidadão. Além do mais, grande parte dos hospitais conveniados com o DPVat são daqui do sul mesmo", observou Casagrande. Enquanto, hospitais como o São José, em Criciúma, que recebiam cerca de R$ 100 mil mensais para tratar de acidentados no trânsito, agora aguardam por recursos do Sistema Único de Saúde.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Após licença de Edson Jair, Valdecir toma posse na câmara, em Turvo

Por Monise Topanotti

O vereador Edson Jair Dagostin, o Piska, pediu licença de 120 dias para tratar de assuntos particulares, sendo assim, Valdecir de Aguiar, o Xiscuíte, assumiu na noite de ontem, 6, seu lugar na câmara de vereadores.

Recebendo 347 votos na última eleição municipal, Xiscuíte era o primeiro na lista de suplentes do PMDB. “Sou grato pela chance que estou tendo de representar a população turvense na câmara da nossa cidade, e quero dizer ao vereador Piska que não vou decepcioná-lo”, destacou.

O peemedebista ainda ressaltou todo o seu empenho em relação à administração municipal. “Estou assumindo hoje, mas desde o primeiro dia de mandato do prefeito Ronaldo, venho acompanhado esta administração”, finalizou o novo vereador, em seu primeiro discurso na tribuna turvense.

Com a licença de Piska, o mais votado nas eleições de 5 de outubro, o vereador Ézio Simão, também do PMDB, passa a acumular duas funções, além de líder da bancada, agora ele é o líder do Governo na Câmara.

Saiba mais sobre a Câmara Municipal de Turvo, aqui.

sábado, 4 de abril de 2009

Salvaro abre Taça Cecrisa reforçando planos

Por Denis Luciano
Foto: Daniela Savi

O prefeito Clésio Salvaro esteve no bairro Argentina, na tarde deste sábado, abrindo oficialmente a edição 2009 da Taça Cecrisa. O Campeonato Municipal de futebol amador de Criciúma tem o apoio da Fundação Municipal de Esportes e reúne dezesseis equipes em sua primeira divisão.

"Estamos voltados a incentivar o esporte amador. O futebol nos bairros e as demais modalidades terão o nosso apoio", salientou. O prefeito saudou o Grupo Cecrisa como parceiro da Prefeitura para a realização do Municipal. "A Cecrisa leva o nome de Criciúma para mais de cinquenta países em todo o mundo", lembrou.

Um dos principais projetos esportivos do governo Salvaro, segundo anuncia Arleu da Silveira, presidente da FME, é trazer para Criciúma os Jogos Abertos de Santa Catarina. Conforme Silveira, a cidade já consultou o Governo do Estado e a Fundação Estadual de Esportes e trabalha para sediar o evento em 2011.

Participaram da solenidade de hoje, no bairro Argentina, o deputado federal Jorge Boeira (PT), vários vereadores e o representante do Grupo Cecrisa, Celso Menezes.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Um criciumense que governou o Estado

Por Denis Luciano

Ele nasceu junto com a cidade de Criciúma. Um mês depois da emancipação de Araranguá, em fevereiro de 1926, a dona Lucília Hülse dava a luz ao menino Rui. Formado engenheiro civil em 1950, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rui Hülse ingressou na política em 1954, elegendo-se deputado estadual. Foi reeleito duas vezes, exercendo mandatos na Assembléia Legislativa em Florianópolis até 1965, sempre pela extinta UDN. "Extinta não, gloriosa", lembra, orgulhoso de suas origens.

Viveu uma situação pouco comum entre 1958 e 60. Elegeu-se presidente do parlamento estadual, enquanto seu pai, Heriberto, era governador do Estado. A família Hülse comandou, portanto, os dois principais poderes do Estado durante três anos. "Fui governador por onze dias, pois meu pai se licenciou para tratar um diabetes", lembra.

Em 65, concorreu a prefeito de Criciúma e venceu Addo Caldas Faraco por 75 votos. "Ele havia sido prefeito duas vezes, tinha experiência. Foi uma eleição muito difícil". Como prefeito, abriu a Fucri, que deu origem à Unesc, duplicou o número de alunos na rede municipal de ensino, construiu o acesso ao Rio Maina e lançou o projeto de construção da Avenida Centenário.

A carreira política de Rui Hülse terminou em 1970. Voltou-se, depois, para a iniciativa privada, atuando no Grupo Cecrisa. Preside o Siecesc, Sindicato da Indústria da Extração de Carvão, há doze anos.

Autor de polêmica estadual depõe em Içara

Por Denis Luciano
Foto: Filipe Casagrande / A Tribuna

O jornalista e empresário Nei Silva, que lançou uma grande polêmica com o governo do Estado ao editar o livro "A Descentralização no Banco dos Réus", esteve em Içara ontem, depondo em processo movido pela coligação do ex-candidato a prefeito Heitor Valvassori (PP) contra o eleito Gentil da Luz (PMDB).

Em entrevista ao jornal A Tribuna, Nei afirmou que faria tudo de novo, reafirmando denúncias contra inúmeros políticos de Santa Catarina.

A circulação do livro foi proibida, e Silva é acusado de extorsão por inúmeros citados na obra, cujo conteúdo completo não pode ser divulgado até que a Justiça libere. Leia a entrevista completa de Nei Silva aqui.

Obama diz adorar Lula

Por Lucas Casagrande

O presidente dos EUA Barak Obama protagonizou uma cena inusitada ao cumprimentar o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva na reunião do G-20: -“Adoro esse cara”- disse o presidente norte-americano Segundo o site clicrbs, Obama disse que Lula é o político “mais popular do mundo”.

Para acessar a matéria completa, clique aqui.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

SITRACOM fiscalizará trabalho ilegal no feriado de 3 de abril

Por Lucas Casagrande

O Sindicato dos Trabalhadores no Comércio do Vale do Araranguá (SITRACOM) realizará durante o feriado do dia 3 de abril, aniversário de Araranguá, uma ampla fiscalização quanto ao trabalho irregular em feriados. A única possibilidade de os estabelecimentos do comércio abrirem em um feriado seria em um acordo firmado com o sindicato, o que não houve nem com comércio nem com supermercados.

Segundo o presidente do sindicato Jair Anastácio todas as medidas cabíveis serão tomadas caso ocorra algum descumprimento da lei. “A lei 11.603 de 2007 deixa bem claro que trabalho em feriado é proibido e nós estamos atentos a esta lei. No dia 3 estaremos fiscalizando e tomando todas as medidas cabíveis para que as empresas que descumprirem a lei sejam penalizadas”, afirmou Anastácio.

No ultimo feriado em que não houve acordo, 15 de novembro, a Justiça do Trabalho decidiu por aplicar multa de R$500,00 por trabalhador nas empresas que descumprissem a liminar dada em favor do sindicato. “A lei existe e muitas vezes não é cumprida, o papel do sindicato e defender os direitos dos trabalhadores e fazer cumprir-se a lei”, explica Anastácio que também deixa claro que no que depender do SITRACOM as denuncias serão feitas e a lei será cumprida.